sexta-feira, 16 de agosto de 2013

Nota sobre o sonho

Existe dentro de nós algo que sempre nos faz querer permanecer dentro de um sonho. Ainda mais dentro daqueles que nos trazem de volta pessoas que você daria tudo – não reparem no exagero contido aqui – para poder abraçar e sentir que está tudo bem por alguns segundos. O sonho é essa possibilidade do encontro – ou do reencontro, que seja -. Só que o sonho também atordoa. Porque a gente sabe que o despertador logo toca. A gente sempre sabe. Até mesmo dentro do próprio sonho há algo que beire sempre a consciência. E é isso que nos desperta e não nos deixa permanecer dentro deles por mais um ou dois minutos. Nem mesmo se for por amor ou saudade, a gente sempre acorda porque tem que acordar.

Por Camila Aguilera