sexta-feira, 8 de maio de 2015

VERMELHO

Menina que ri
quando falo que gosto
quando te faço procurar por nossos signos 
quando conto minhas besteiras
eu também ando rindo
ou sorrindo, que seja 
quando digo essas coisas 
quando penso em outras 
todas envolvendo você 
Menina, não vá rir agora 
enquanto canto aquela canção de Milton
com o seu nome atrelado 
"e se eu pudesse entrar na sua vida...
diz se é perigoso a gente ser feliz."
Menina, veja bem quando te digo 
por algum acaso ou não 
pelo seu riso ou jeito
meu coração é em parte, teu 
segure ou solte-o
mas me dê um sorriso antes
pelo meu jeito bobo de te dizer 
que meu interesse por todas essas coisas
mapa astral ou canção do Milton
a cor do seu cabelo ou suas histórias
todas essas coisas, no fim,
só significam uma.